Projeto Político Pedagógico

Realiza o recebimento, conservação e armazenamento de frutas. Planeja operações de colheita e armazenamento usando tecnologias inovadoras. Presta assessoria na área de armazenamento pós-

colheita de frutas.

O egresso atuará na fase pós-colheita de frutas. Os postos de trabalho serão propriedades familiares, empresas frutícolas, órgãos públicos, cooperativas, dentre outras, desempenhando atividade que visem maximizar a lucratividade, com redução de perdas e menor impacto ambiental.

O egresso é capaz de armazenar frutas, de acordo com exigências fisiológicas de cada espécie e/ou cultivar, a fim de manter a qualidade dos frutos e reduzir as perdas em pós-colheita.

O curso será realizado por meio de aulas teórico-práticas, nas quais serão ministrados os conteúdos sobre
pós-colheita de frutas. Nas primeiras aulas serão abordados conteúdos teóricos a fim de facilitar o
compreendimento dos alunos sobre o conteúdo. As aulas serão conduzidas buscando inter-relacionar os
conteúdos ministrados com outras disciplinas, como a biologia, química, dentre outras, sempre respeitando o nível
de conhecimento prévio da turma.
Durante as aulas o professor deverá buscar uma relação entre o conteúdo ministrado e as experiências
práticas dos alunos. Desta forma a construção do conhecimento torna-se mais efetiva, uma vez que as
experiências e problemas serão compartilhados. As aulas práticas serão ministradas com o objetivo de consolidar
o conhecimento adquirido nas aulas teóricas, bem como na inter-relação com as experiências do cotidiano dos
estudantes.
Durante as aulas os alunos receberão material didático de apoio, como resumos e textos visando facilitar o
entendimento. Serão propostos exercícios e trabalhos em grupos sobre os assuntos. Desta forma, além do
conteúdo, os alunos desenvolverão outras habilidades como: trabalho em equipe, organização e disciplina. As
atividades terão caráter investigativo, buscando desenvolver nos alunos a habilidade de solucionar questões
básicas relacionadas à pós-colheita de frutas de clima temperado.

VER PPC

A avaliação é um instrumento diagnóstico voltado ao crescimento estando a serviço de uma prática
pedagógica para a transformação social localizando necessidades e compreendendo superações, aspectos
atitudinais e culturais do educando.

Sendo assim, neste curso, as avaliações acontecerão através de: avaliação diagnóstica, processual,

formativa, somativa, continuada e diversificada.
Outro fundamento é a continuidade, sendo a avaliação realizada durante todos os momentos do processo
de ensino e aprendizagem, valorizando o crescimento do aluno qualitativa e quantitativamente. Haverá
recuperação paralela de conteúdos e avaliações. A recuperação de estudos deverá compreender a realização de
novas atividades pedagógicas no decorrer do período letivo, que possam promover a aprendizagem, tendo em
vista o desenvolvimento das competências.

A avaliação prima pelo caráter diagnóstico e formativo, consistindo em um conjunto de ações que
permitem recolher dados, visando à análise da constituição das competências por parte do aluno, previstas no
plano de curso. Suas funções primordiais são:
• obter evidências sobre o desenvolvimento do conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes
necessárias à constituição de competências, visando a tomada de decisões sobre o encaminhamento dos
processos de ensino e aprendizagem e/ou a progressão do aluno para o semestre seguinte;
• analisar a consonância do trabalho pedagógico com as finalidades educativas previstas no Projeto
Pedagógico do Curso.
• estabelecer previamente, por unidade curricular, critérios que permitam visualizar os avanços e as
dificuldades dos alunos na constituição das competências. Os critérios servirão de referência para o aluno
avaliar sua trajetória e para que o professor tenha indicativos que sustentem tomadas de decisões.
As diferentes avaliações parciais serão registradas pelo professor no diário de classe em valores inteiros
de 0 (zero) a 10 (dez). A decisão do resultado final dependerá da análise do conjunto de avaliações, suas
ponderações e as discussões do conselho de classe final. O resultado da avaliação final do aluno será registrado
por valores inteiros de 0 (zero) a 10 (dez). O resultado mínimo para aprovação em um componente curricular é 6
(seis).
Ao aluno que comparecer a menos de 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária estabelecida no

PPC para o componente curricular será atribuído o resultado 0 (zero).

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker5-srv2.appdocker5-inst202/12/2020 04:07