Projeto Político Pedagógico

Cria e desenvolve projetos de moda. Utiliza técnicas de modelagem bi e tridimensionais. Elabora desenhos e fichas técnicas. Representa graficamente peças de vestuário planificadas. Utiliza ferramentas da computação gráfica para moda. Supervisiona produção de peça-piloto e produção em série. Avalia a vestibilidade e a viabilidade técnica do produto.

Indústrias de confecção do vestuário. Assessoria em modelagem. Empresas de desenvolvimento de produtos e projetos. Lojas e estúdios. Ateliês de costura e figurino. Consultoria em produção para TV, teatro, cinema e desfiles. Profissional autônomo

Construir moldes aplicando técnicas bidimensionais e tridimensionais;

Utilizar softwares específicos para o desenvolvimento de desenhos técnicos, construção de bases, modelos e encaixes;

Preparar a modelagem para o setor de corte, com as devidas indicações para montagem da peçapiloto e para a produção em série;

Avaliar a vestibilidade e a viabilidade técnica de produção do produto do vestuário;

Coordenar equipes de trabalho envolvidas nas etapas de modelagem de produtos do vestuário.

O Curso Técnico Subsequente em Modelagem do Vestuário tem sua matriz curricular organizada em semestres e seu processo de avaliação centrado em objetivos que o aluno deverá atingir ao longo do semestre. Essa opção requer dos professores a busca de metodologias diferenciadas daquelas que visam apenas a transferência de conhecimentos, para outras que promovam a construção e a criação de conhecimentos.

A prática pedagógica desenvolvida no IFSC privilegia a formação do cidadão crítico e consciente do seu papel na sociedade. Nessa prática, o estudante se coloca como sujeito ativo no processo de aprendizagem, na interação com o conhecimento e com os demais sujeitos que compõem o processo educativo. Nesta perspectiva, as atividades curriculares proporcionam a análise interpretativa e crítica das competências profissionais estabelecidas no perfil do egresso, bem como das práticas sociais relacionadas ao contexto da formação do Técnico em Modelagem do Vestuário. O fazer pedagógico do curso está pautado na interação entre professor e estudante, buscando o desenvolvimento das competências profissionais, apropriando-se de métodos ativos que desafiam e motivam os estudantes à construção dessas competências, à reflexão, à iniciativa, ao espírito empreendedor, à criatividade, à formação continuada, ao compromisso ético e social, à pesquisa e ao trabalho em equipe. Essa opção está ancorada nos seguintes princípios norteadores:  formação humana integral;  formação profissional voltada ao social;  aprendizagem significativa;  valor dos saberes dos estudantes nas atividades educativas;  diversidade de atividades formativas;  trabalho coletivo;  pesquisa como princípio educativo;  integração entre os saberes.

A realização de projetos integradores pretende articular os diferentes saberes específicos funcionais e transversais, de modo a possibilitar a formação de um profissional que exerce suas funções com ética e racionalidade, dentro do seu contexto organizacional e social. As situações e problemas serão caracterizados, estruturados e planejados ao longo do período letivo. O professor responsável pela unidade curricular Projeto Integrador (PI) estará dedicado à orientação metodológica da elaboração do relatório final. A orientação das atividades de pesquisa, averiguação da realidade empresarial, desenvolvimento, conclusão e avaliação será feita por professores orientadores (e coorientadores se necessário) das áreas específicas, visando não apenas preferências específicas dos alunos mas a integração de saberes conceituais e práticos. Além disso, complementa a formação, a participação do aluno do curso Técnico em Modelagem do vestuário em eventos desenvolvidos no campus Gaspar, como as semanas acadêmicas dos cursos, aulas inaugurais, semana do meio ambiente, entre outras. Tais eventos, promovem reflexão e a inserção de novos conteúdos nas atividades de sala de aula. Para este curso está previsto que seja oferecido até vinte por cento (20%) da carga horária à distância. O docente de cada unidade curricular que contenha ead poderá, portanto, postar material de leitura, videoaulas e atividades no ambiente virtual nas plataformas Moodle e/ou Sigaa, com indicação de tempo de execução para cada atividade. As dúvidas serão sanadas pelo professor da UC, por meio do correio eletrônico do ambiente virtual de aprendizagem. Essas atividades, e suas respectivas formas de avaliação, deverão constar no Plano de Ensino e ser registradas no Diário de Classe.

Chefe DEPE: Glaucia Marian Tenfen glaucia.tenfen@ifsc.edu.br (47) 3318-3707

Contatos: Carolina Anderson Carioni Amorim carolina.carioni@ifsc.edu.br (47) 3318-3700 5. Nome do Coordenador/proponente do curso: Carolina Anderson Carioni Amorim

A avaliação dar-se-á durante todos os momentos do processo ensino e aprendizagem, valorizando o crescimento do aluno qualitativa e quantitativamente. Em cada unidade curricular o professor responsável aplicará avaliações pertinentes aos conteúdos teóricos e práticos vistos ao longo do curso. As avaliações serão organizadas baseadas nos seguintes princípios: a avaliação será diagnóstica, processual, formativa e diversificada. As formas ou tipos de avaliação podem abranger avaliação escrita e/ou oral individual/grupo, apresentação de trabalhos (escrito e oral); avaliações práticas em laboratórios, relatórios, entre outros. A partir da avaliação efetuada pelo professor, serão realizadas avaliações coletivas em reuniões que terão o caráter de avaliação integral do processo didático-pedagógico em desenvolvimento na unidade curricular. As avaliações coletivas envolverão os professores e os profissionais do núcleo pedagógico. Esses encontros serão realizados, pelo menos, em dois momentos: durante o transcorrer do semestre e ao final de cada semestre. De acordo com o Regulamento Didático Pedagógico do IFSC, o professor deverá viabilizar estudos de recuperação paralela durante o período letivo, visando garantir o aproveitamento dos alunos com dificuldade de aprendizagem.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker2-srv1.appdocker2-inst125/10/2021 04:03