Projeto Político Pedagógico

O egresso do curso é o cidadão profissional intelectualmente autônomo que utiliza de
conhecimentos científicos e tecnológicos para compreender, comunicar e operacionalizar com
ética e criticidade as técnicas de produção de alimentos nos diversos setores e serviços de
cozinha, considerando os aspectos gastronômicos, higiênico-sanitários e de responsabilidades
profissionais, sociais e ambientais.
Além disso, o profissional egresso deverá ainda ser capaz de:
Conhecer as formas contemporâneas de linguagem, com vistas ao exercício da cidadania
e à preparação básica para o trabalho;Compreender a sociedade, sua gênese e transformação dos fatores que nela intervêm, como produtos da ação humana e do seu papel como agente social; Ler, articular e interpretar símbolos e códigos em diferentes linguagens e representações, estabelecendo estratégias de solução e integrando os conhecimentos das ciências e outros campos do saber.

Hospitalidade e Lazer.

Consultar PPC.

Cada unidade parceira (Campus Florianópolis-Continente e Campus Florianópolis) deverá ter uma coordenação ou articulação de curso que gerenciará a organização do ensino (horários de aula, alocação de carga horária docente, designação de professor responsável,
etc.) e o registro das informações acadêmicas (diários de classe, lançamento de faltas e
conceitos no Sistema Acadêmico, etc.) da parte formativa (profissional ou propedêutica) sob
sua responsabilidade.
Deverão ser organizadas reuniões com as coordenações e professores envolvidos de
ambos os Campus, para planejamento e acompanhamento integrado do curso.
A prática pedagógica do Curso PROEJA orienta-se pelo Projeto Pedagógico
Institucional (PPI) do IFSC, pela Organização Didática (OD) do Campus Florianópolis
Continente e pelo Projeto Político Pedagógico do Curso.
O Campus Florianópolis Continente do IFSC tem desenvolvido uma política de
formação permanente para os seus educadores visando a qualificação, a integração e o
envolvimento desses com o Projeto Pedagógico da Instituição. No caso deste projeto, o
processo de formação vem envolvendo também os professores de educação básica (EJA) de
modo a construir e desenvolver de forma integrada as diferentes etapas. Consultar PPC na íntegra.

Nelda Plentz de Oliveira

E-mail: nelda@ifsc.edu.br

Segundo a Organização Didática do IFSC, a avaliação é caracterizada como
diagnóstica, processual, formativa, somativa, continuada e diversificada. Dessa forma, são
considerados critérios como: assiduidade, realização das tarefas, participação nas aulas,
avaliação escrita individual, trabalhos em equipes, colaboração e cooperação com colegas e
professores. Consultar PPC na íntegra.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker4-srv2.appdocker4-inst213/08/2020 07:47