Projeto Político Pedagógico

Competências gerais
• Conhecer as recomendações técnicas básicas de manejo de leitoas.
• Conhecer as recomendações de manejo reprodutivo de porcas.
• Conhecer minimamente as exigências nutricionais e as bases de alimentação dos suínos em fase de recria, gestação e lactação.
• Conhecer as principais doenças e a aplicação de manejos preventivos nas fases de recria, gestação e lactação.
• Conhecer os principais índices de produção e econômicos ligados ao sistema de produção nas fases reprodutivas.

Agricultura familiar – produção de suínos em pequenas propriedades
Cooperativas e agroindústrias – assessoria técnica para produtores ligados à industria de
produção de suínos na região.

Competências gerais:
Conhecer as recomendações técnicas básicas de manejo de leitoas.
Conhecer as recomendações de manejo reprodutivo de porcas.
Conhecer minimamente as exigências nutricionais e as bases de alimentação dos suínos em fase de recria, gestação e lactação.
Conhecer as principais doenças e a aplicação de manejos preventivos nas fases de recria, gestação e lactação.
Conhecer os principais índices de produção e econômicos ligados ao sistema de produção nas fases reprodutivas.

A proposta do curso busca complementar o conhecimento prático de trabalhadores envolvidos na cadeia de produção de suínos através da conceituação e estudo das práticas de manejo. A abordagem multidisciplinar, ou seja, de caráter reprodutivo, sanitário, nutricional, econômico e de manejo será o norte do curso proposto.
O curso contemplará atividades teórico-práticas que permitam a aprendizagem e aplicação de conhecimentos científicos.
Em síntese será utilizado:
– Aulas expositivas dialogadas com os estudantes.
– Dinâmicas de grupo para avaliar a percepção dos alunos com relação aos temas propostos.
– Exibição de vídeos e discussão de seu conteúdo.
– Aulas práticas.

Nome do responsável pelo projeto:
Diogo Magnabosco

Serão critérios para avaliação das competências: Avaliação escrita dissertativa individual, realização dos trabalhos complementares, frequência e participação nas aulas, trabalhos em grupos, colaboração e cooperação com colegas e professor.
Os resultados das avaliações, conforme o Regulamento Didático-Pedagógico do IFSC, serão registrados em valores inteiros de 0 (zero) a 10 (dez), sendo que o resultado mínimo para aprovação em cada unidade curricular é 6 (seis).
A recuperação de estudos para os alunos que apresentarem resultado inferior a 6 (seis) deverá compreender a realização de novas atividades pedagógicas no decorrer do período letivo, que possam promover a aprendizagem, tendo em vista o desenvolvimento das competências. Ao final dos estudos de recuperação o aluno será submetido à avaliação, cujo resultado será registrado pelo professor.
A certificação da formação profissional se dará após a conclusão do módulo, com frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária do componente curricular.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appserver2.srv2inst1 26/02/2020 07:59