Projeto Político Pedagógico

É o profissional cidadão apto a elaborar produtos de panificação, considerando os aspectos higiênico-sanitários e a responsabilidade ambiental.

Objetivos do Curso

Formar o cidadão profissional apto a elaborar produtos de panificação, conside­ rando os aspectos higiênico-sanitários e ambientais.

 

Público-Alvo

Trabalhadores que atuam ou que pretendam atuar em restaurantes, hotéis, lancho­ netes, cafeterias, padarias, confeitarias, buffets e autônomos.

- Utilizar as matérias primas considerando as características específicas de cada uma;

- Utilizar utensílios e equipamentos do setor;

- Dominar as técnicas de produtos panificáveis;

- Operacionalizar a elaboração de produtos panificáveis com higiene e sanidade, atendendo à legislação sanitária

viaente.

- Utilizar as matérias primas considerando as característi-

cas específicas de cada uma;

- Utilizar utensílios e equipamentos do setor;

- Dominar as técnicas de produção de pães;

- Operacionalizar a elaboração de produtos panificáveis com higiene e sanidade, atendendo à legislação sanitária vigente;

-Aplicar os princípios da responsabilidade socioambiental na produção de alimentos.

conforme PPC. 

Jane Parisenti. 

As avaliações acontecerão em cada unidade curricular sendo organizadas pelo professor responsável. São princípios considerados pela instituição e que devem ser ado ­ tados para a organização das avaliações:

A avaliação será diagnóstica, processual, formativa, somativa, continuada e diversificada. Serão considerados critérios como: Assiduidade, Realização das tarefas, Participação nas aulas, Avaliação escrita individual, Trabalhos em duplas, Colaboração e cooperação com colegas e professores.

A avaliação se dará durante todos os momentos do processo ensino  e aprendizagem, valorizando o crescimento  do  aluno  qualitativa e  quantitativamente. Haverá recuperação paralela de conteúdos e avaliações.

De acordo com a Organização Didática da Campus Florianópolis-Continente, a avaliação prima pelo caráter diagnóstico e formativo, consistindo em um conjunto de ações que permitam recolher dados, visando à análise da constituição das competências por parte do aluno, previstas no plano de curso. Suas funções primordiais são:

Obter evidências sobre o desenvolvimento do conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias à constituição de competências, visando a tomada de decisões sobre o encaminhamento dos processos de ensino e aprendizagem e/ou a progressão do aluno para o semestre seguinte.

Analisar a consonância do trabalho pedagógico com as finalidades educativas previstas no Projeto Pedagógico do Curso.

Estabelecer previamente, por unidade curricular, critérios que permitam visualizar os avanços e as dificuldades dos alunos na constituição das competências.

Os critérios servirão de referência para o aluno avaliar sua trajetória e para que o professor tenha indicativos que sustentem tomadas de decisões sobre o encaminhamento dos processos de ensino e aprendizagem e a progressão dos alunos. Os registros das avaliações são feitos de acordo com a nomenclatura que segue:

 

E - Excelente; P - Proficiente; S -  Suficiente; 1 - Insufic iente.

O registro , para fins de documentos acadêmicos, será efetivado ao final de cada

módulo/fase, apontando a situação do aluno no que se refere á constituição de competências e utilizando-se a seguinte nomenclatura:

A - (Apto): quando o aluno tiver obtido as competências;

 

NA - (Não Apto): quando o aluno não tiver obtido as competências.

 

A partir da avaliação efetuada pelo professor, serão realizadas avaliações coletivas em reuniões que terão o caráter de avaliação integral do processo didático-pedagógico em desenvolvimento na Unidade Curricular. As avaliações coletivas envolverão os profes­ sores e os profissionais do núcleo pedagógico. Esses encontros serão realizados, pelo menos, em dois momentos: durante o módulo e no final de cada um deles.

A recuperação de estudos deverá compreender a realização de novas atividades pedagógicas no decorrer do período letivo, que possam promover a aprendizagem, tendo em vista o desenvolvimento das competências. Ao final dos estudos de recuperação  o aluno será submetido á avaliação, cujo resultado será registrado pelo professor.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker4-srv1.appdocker4-inst125/10/2021 03:40