Projeto Político Pedagógico

A egressa do curso é a profissional capacitada para atuar na manipulação e
processamento de alimentos em restaurantes, lanchonetes, padarias, bares, cafeterias,
agroindústrias, entre outros. Assim, constituem-se como atribuições da egressa:

– conhecer e aplicar as normas básicas para assegurar a qualidade dos alimentos
processados,
– processar alimentos de origem animal e vegetal garantindo a qualidade e a
segurança dos produtos alimentícios;
– executar o trabalho com segurança e eficácia. 

A egressa do curso é a profissional capacitada para atuar na manipulação e
processamento de alimentos em restaurantes, lanchonetes, padarias, bares, cafeterias,
agroindústrias, entre outros. 

conhecer e aplicar as normas básicas para assegurar a qualidade dos alimentos
processados,
processar alimentos de origem animal e vegetal garantindo a qualidade e a
segurança dos produtos alimentícios;
executar o trabalho com segurança e eficácia.

Serão considerados os seguintes critérios de avaliação: assiduidade, realização
das tarefas, participação nas aulas, avaliação escrita individual, trabalhos em equipes, colaboração e cooperação com colegas e professores. Os registros das avaliações serão
feitos de acordo com a nomenclatura que segue:
E - Excelente; P - Proficiente; S - Suficiente; I – Insuficiente.
O registro, para fins de documentos acadêmicos, será efetivado ao final de cada
módulo/semestre, apontando a situação do aluno no que se refere à constituição de competências e utilizando-se a seguinte nomenclatura:
A - (Apto): quando o aluno tiver obtido as competências;
NA - (Não Apto): quando o aluno não tiver obtido as competências.

Keli Cristina Fabiane - keli.fabiane@ifsc.edu.br



Serão considerados os seguintes critérios de avaliação: assiduidade, realização
das tarefas, participação nas aulas, avaliação escrita individual, trabalhos em equipes, colaboração e cooperação com colegas e professores. Os registros das avaliações serão
feitos de acordo com a nomenclatura que segue:
E - Excelente; P - Proficiente; S - Suficiente; I – Insuficiente.
O registro, para fins de documentos acadêmicos, será efetivado ao final de cada
módulo/semestre, apontando a situação do aluno no que se refere à constituição de competências e utilizando-se a seguinte nomenclatura:
A - (Apto): quando o aluno tiver obtido as competências;
NA - (Não Apto): quando o aluno não tiver obtido as competências.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker3-srv2.appdocker3-inst206/07/2022 11:12