Projeto Político Pedagógico

O aluno egresso do Curso Técnico em Recursos Humanos de nível médio é o profissional com
competências na área de Gestão de Pessoas para atuar em organizações públicas, do terceiro
setor e privadas (empresas industriais, comerciais, de serviços e do agronegócio). Desempenha
atividades nos processos de recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, cargos,
salários e benefícios, avaliação de desempenho e formação de equipes, bem como orienta sobre
a importância da segurança no trabalho e da saúde ocupacional.
Por meio de uma abordagem crítica, esse profissional executará as rotinas de gestão de pessoas
de forma ética, socialmente responsável e empreendedora, levando em conta a legislação
trabalhista e previdenciária.

Instituições públicas, privadas e do terceiro setor. Indústrias e comércio.

1) Conhecer os princípios de administração e organização de empresas, com uma visão
empreendedora, comprometido com o desenvolvimento[ da sua região;
2) Assumir postura profissional condizente com os princípios que regem os princípios da
administração;
3) Conhecer e utilizar softwares para automação de escritório (processador de textos, planilha
eletrônica e software de apresentação);
4) Conhecer os mecanismos de organização textual como forma de leitura, interpretação e
produção de textos nos mais diferentes contextos da organização;
5) Conhecer os princípios fundamentais da matemática financeira e indicadores financeiros;

6) Compreender os métodos estatísticos, sua aplicação e importância na viabilização da
tomada de decisões gerenciais;
7) Conhecer os fundamentos e princípios da sustentabilidade e responsabilidade social em
organizações;
8) Desempenhar atividades nos processos de recrutamento e seleção, treinamento e
desenvolvimento, cargos, salários e benefícios, avaliação de desempenho e formação de
equipes, bem como orientar sobre a importância da segurança no trabalho e da saúde
ocupacional;
9) Compreender aspectos da legislação trabalhista.

O curso será desenvolvido a distância, com encontros presenciais semanais para estudo em
grupo com tutor, avaliações presenciais, práticas em laboratório e participação em
webconferências e encontros presenciais com os docentes.
As atividades presenciais se distribuirão nas seguintes categorias e seguirão o cronograma geral
do curso:
• Webconferência: atividade síncrona com o docente da Unidade Curricular. Objetiva
motivar aos estudos da UC e propor problemas de pesquisa e intervenção da área de
atuação do Técnico em Recursos Humanos.
• Encontro presencial: atividade com deslocamento dos docentes, coordenador de curso,
coordenadores de polo e/ou equipe pedagógica até polo. No encontro presencial, são
realizadas atividades integradoras e avaliativas de orientação e apresentação de práticas
realizadas pelos estudantes.
• Estudos com tutor: encontro em que os tutores propõem estratégias de estudo em grupo
e atividades de integração, articulando conteúdos apresentados nos livros didáticos com o
exercício da profissão do Técnico em Recursos Humanos.
• Práticas em laboratório: atividades realizadas em grupo no laboratório de informática,
envolvendo pesquisa e resolução de problemas ou instrumentalização para o estudo
autônomo e a prática profissional.
Os livros didáticos utilizados no curso serão apresentados em Ambientes Virtuais de Ensino-
Aprendizagem no sistema Moodle administrado pelo Instituto Federal de Santa Catarina. A
Coordenadoria de Materiais Didáticos do Centro de Referência em Formação e Educação a
Distância é encarregada de preparar a estrutura básica dos ambientes virtuais, possibilitando
aos docentes e equipe de tutoria a distância o desenvolvimento de recursos e atividades, de
acordo com planos de ensino e roteiros de estudo propostos pelos docentes. O conteúdo dos
livros didáticos será selecionado e organizado em tópicos, de acordo com o projeto de cada
componente curricular.

Jaison Schinaider

E-mail: jaison.schinaider@ifsc.edu.br
Fone: (49) 35615714

A avaliação do processo de construção do conhecimento no curso técnico a distância do IFSC
pretende ser um meio que possibilite a identificação do desenvolvimento de competências
(atitudes, conhecimentos e habilidades). O parâmetro para a avaliação terá como fundamento o
perfil profissional delineado para o egresso. Os instrumentos de avaliação são utilizados de
acordo com a natureza da unidade curricular e, de maneira geral, podem englobar: trabalhos
individuais e/ou em equipe, pesquisas, provas, testes dirigidos, presenciais e a distância, projetos,
chats, fóruns de discussão e relatórios.
A avaliação da aprendizagem será feita nas formas on-line e/ou presencial, conforme prevê a
legislação e levará em conta: a participação nas atividades presenciais; a participação nas
atividades on-line; a execução e entrega das tarefas propostas dentro do prazo estipulado e; as
provas escritas de caráter individual e presencial.
Para formalizar o desenvolvimento de habilidade e competências adquiridas, os estudantes serão
submetidos a alguns instrumentos de avaliação:
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO:
A cada avaliação será atribuída uma nota de 0 a 10;
Ao final da unidade curricular, será feita a média ponderada de cada categoria de avaliação,
sendo posteriormente atribuído o peso correspondente de cada categoria. A soma da nota
correspondente a cada peso resultara na nota final do semestre. Assim, a média final será
calculada da seguinte forma:
Fórmula: [(AA1 + AA2 )/ 2] * 0,70 + [(ASAE1 + ASAE2 + ... + ASAEn) / n] * 0,3
Considera-se apto na unidade curricular o aluno que obtiver média igual ou superior a 6 e no
mínimo 75% de frequência.
ATIVIDADES OBRIGATÓRIAS (AO):
Representa parte da nota final na UC e poderá ser realizada de forma individual ou em equipe, a
critério do professor. O número de Atividades Obrigatórias é definido em cada UC de acordo com
o planejamento prévio.
A avaliação das Atividades Obrigatórias culminará em uma nota final dessas atividades, resultante
da composição das notas de cada uma delas.
Caso o aluno não atinja nota maior ou igual a 6,0 na média das Atividades Obrigatórias, terá que
realizar a Atividade Obrigatória de Recuperação (AOR).
O aluno que não realizar nenhuma das Atividades Obrigatórias propostas pelo professor, não terá
o direito de fazer a AOR. Vale ressaltar que todas as atividades terão prazos de abertura e
encerramento com impedimento para envio ou resolução fora do prazo. Alterações destes prazos
só serão concedidas após a análise do professor e/ou da coordenação do curso.
PROVAS PRESENCIAIS (PP):
A Prova Presencial é obrigatória.
A nota mínima de aprovação na Prova Presencial é 6,0 (seis).
A prova presencial é elaborada pelo professor da UC e validada pela coordenação do curso.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker1-srv1.appdocker1-inst109/08/2020 23:09