Projeto Político Pedagógico

- Saber orientar o uso, manejo e fertilidade do solo de maneira racional, visando a sustentabilidade
econômica e ambiental da propriedade agrícola.
- Saber manejar as inter-relações patógeno, ambiente e hospedeiro no manejo fitossanitário de pragas e
doenças, com vistas ao aumento da eficiência na produção vegetal e agropecuária.
- Conhecer as técnicas de manejo dos sistemas de produção da horticultura, sementes e forrageiras, sendo
capaz de realizar o planejamento produtivo adequado a diferentes realidades edafoclimáticas.

O egresso atuará na condução de cultivos vegetais, desde as etapas de planejamento, manejo do
solo e condução de cultivos, podendo atuar especialmente através de assessoria aos agricultores.

- Saber orientar o uso, manejo e fertilidade do solo de maneira racional, visando a sustentabilidade
econômica e ambiental da propriedade agrícola.
- Saber manejar as inter-relações patógeno, ambiente e hospedeiro no manejo fitossanitário de pragas e
doenças, com vistas ao aumento da eficiência na produção vegetal e agropecuária.
- Conhecer as técnicas de manejo dos sistemas de produção da horticultura, sementes e forrageiras, sendo
capaz de realizar o planejamento produtivo adequado a diferentes realidades edafoclimáticas.

– Aulas expositivas dialogadas com os estudantes.
– Dinâmicas de grupo para avaliar a percepção dos alunos com relação aos temas propostos.
– Exibição de vídeos e discussão de seu conteúdo.
– Aulas práticas e visitas técnicas.

Nome do responsável pelo projeto:
Prof. Adinor José Capellesso

Serão critérios para avaliação das competências: Avaliação escrita dissertativa individual, realização
dos trabalhos complementares, frequência e participação nas aulas, trabalhos em grupos, participação e
cooperação com colegas e professor.
Os resultados das avaliações, conforme o Regulamento Didático-Pedagógico do IFSC, serão
registrados em valores inteiros de 0 (zero) a 10 (dez), sendo que o resultado mínimo para aprovação em
cada unidade curricular é 6 (seis).
A recuperação de estudos para os alunos que apresentarem resultado inferior a 6 (seis) deverá
compreender a realização de novas atividades pedagógicas no decorrer do período letivo, que possam
promover a aprendizagem, tendo em vista o desenvolvimento das competências. Ao final dos estudos de
recuperação o aluno será submetido à avaliação, cujo resultado será registrado pelo professor.
A certificação da formação profissional se dará após a conclusão do módulo com obtenção de nota
6 em todas as unidades curriculares e com frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) da carga
horária do curso.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appserver3.srv3inst1 25/01/2020 03:54