Projeto Político Pedagógico

O Aluno do Curso de Introdução à Linguagem C, ao concluir seus estudos, terá conhecimentos sobre a linguagem de programação e ambientes de desenvolvimento, podendo atuar no desenvolvimento, depuração e manutenção destes softwares.

Ver o perfil do egresso.

A) Expressar em forma de algoritmos e fluxogramas procedimentos lógico sequenciais que possam ser processados por um computador; B) Codificar em linguagem C pequenos algoritmos para processamento de entrada e saí- da de dados em sistemas digitais; C) Desenvolver programas simples de interfaceamento de dados em linguagem C.

A metodologia a ser empregada para a construção das competências será orientada pelo conteúdo do curso, agregando às bases tecnológicas estabelecidas. As estratégias pedagógicas desenvolvidas serão realizadas em ambiente de laboratório e de sala de aula, em diferentes situações de aprendizagem, buscando a mobilização de conhecimentos e o desenvolvimento de habilidades motoras, cognitivas e afetivas, envolvendo estudos de caso, problematização, entre outros, visando assim a inovação, a criatividade, a busca da qualidade para facilitar a aprendizagem, apropriando as metodologias apresentadas numa perspectiva contextualizada e inter temática. Estas estratégias irão respeitar o conhecimento dos alunos de modo a permitir uma dinâmica de produção e construção de conhecimentos, favorecendo a invenção e a inovação. Também será estimulada a constante busca de informações pelos alunos, sendo que os meios de acesso a essas informações deverão ser viabilizadas pela Instituição

Profa. Fernanda Isabel Marques Argoud - fargoud @ifsc.edu.br

Os aspectos analisados na avaliação durante o desenvolvimento do Curso serão os seguintes: Competências Comportamentais: autonomia, responsabilidade e relacionamento. Competências Técnicas - Ao longo do desenvolvimento do curso, o professor irá realizar registros de avaliações, e irá avaliar pelo menos 2 competências técnicas: compreender a lógica dos programas e dominar a sintaxe da linguagem CA recuperação de estudos deverá compreender a realização de novas atividades pedagógicas no decorrer do período do próprio curso, que possam promover a aprendizagem, tendo em vista o desenvolvimento das competências. Ao final dos estudos de recuperação o aluno será submetido à avaliação, cujo resultado será registrado pelo professor. Para fins de aprovação é considerado APTO, o aluno que atingir, no mínimo, 6.0 em todas as competências, bem como frequência igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento) da Unidade Curricular

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker5-srv2.appdocker5-inst205/08/2020 19:25