Projeto Político Pedagógico

Competências gerais: - Operacionalizar o processamento de derivados do leite.
- Aplicar as boas praticas de manipulação de alimentos na produção de derivados do leite visando
a obtenção de alimentos seguros.

O egresso do curso é o profissional capaz de auxiliar e atuar no processamento de derivados
do leite cumprindo as boas práticas de manipulação de alimentos em pequenas agroindústrias ou
ambientes domésticos.

O egresso do curso é o profissional capaz de auxiliar e atuar no processamento de derivados
do leite cumprindo as boas práticas de manipulação de alimentos em pequenas agroindústrias ou
ambientes domésticos.

- Operacionalizar o processamento de derivados do leite.
- Aplicar as boas praticas de manipulação de alimentos na produção de derivados do leite visando
a obtenção de alimentos seguros.

O acompanhamento das atividades será realizado de forma constante, através de observação
e diálogos com os estudantes. No final, será feito um questionário para avaliar a atividade e para
obtermos sugestões para a próxima edição.
As atividades de ensino-aprendizagem desenvolvidas em sala de aula buscarão mobilizar
conhecimentos prévios dos alunos. Igualmente importante será motivá-los para aquisição de
novos conhecimentos na área de processamento de leites e incentivá-los para a continuação dos
estudos e para a inserção no mercado de trabalho e ou curso técnico.

Manoela Alano Vieira

E-mail: manoela.vieira@ifsc.edu.br

Diretora de Ensino - Câmpus Florianópolis - Continente

Jane Parisenti

janeparisenti@ifsc.edu.br

 

A avaliação será processual e diagnóstica, acompanhando o desenvolvimento do aluno na
constituição das competências e habilidades requeridas, numa constante prática de ação-reflexão-
ação de todos os elementos envolvidos no processo ensino-aprendizagem. Tal avaliação das
competências será feita pelos professores responsáveis pelo curso, que dar-se-á do seguinte
modo: – os instrumentos de acompanhamento do processo ensino-aprendizagem serão
organizados através de listas de exercícios e/ou provas escritas, individual e em grupo para
avaliação das competências técnicas dos alunos.
No registro das avaliações, os professores atribuirão uma nota para o desempenho de
cada aluno, de acordo com Regulamento Didático Pedagógico.
A avaliação final será realizada pelos professores responsáveis pelo curso, devendo o
resultado ser expresso, individualmente, da seguinte forma:
• O aluno será aprovado no curso se :
– sua frequência for igual ou superior a 75% nas aulas;
– obtiver nota de aprovação nas atividades didáticas.
• O aluno será reprovado no curso se :
– sua frequência for inferior a 75% nas aulas;
– obtiver nota não satisfatória nas atividades didáticas, mesmo com frequência igual ou superior a
75%.
A recuperação de estudos deverá compreender a realização de novas atividades didáticas
no decorrer do curso que possam promover a aprendizagem paralela e contínua, tendo em vista o
desenvolvimento das competências, conforme Regulamento Didático Pedagógico.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker5-srv2.appdocker5-inst214/06/2024 13:25