Projeto Político Pedagógico

O administrador de sistemas operacionais Linux atua na instalação, configuração e operação de sistemas Linux para permitir instalação de ferramentas, configuração de ambientes de rede, ambientes multi-usuário e hospedagem de sites Web, podendo trabalhar como celetista ou empreendendo seu próprio negócio como consultor técnico.

O administrador de sistemas operacionais Linux atua na instalação, configuração e operação de sistemas Linux para permitir instalação de ferramentas, configuração de ambientes de rede, ambientes multi-usuário e hospedagem de sites Web, podendo trabalhar como celetista ou empreendendo seu próprio negócio como consultor técnico.

• Reconhecer-se como profissional capaz de atuar no mercado de trabalho da tecnologia da informação. • Instalar sistemas operacionais Linux.
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES
• Configurar o sistema operacional Linux visando melhorias no desempenho e robustez na segurança. • Configurar ambientes para hospedar sites Web em servidores Linux. • Operar sistemas operacionais Linux.

A proposta de formar um Curso de Formação Inicial em Linux está pautada numa formação que prima pela interdisciplinaridade, contextualização e reconhecimento de teorias e interpretação a partir de experiências vivenciadas na
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES
prática. A execução do curso acontecerá por meio de aulas teóricas expositivas e dialogadas com a utilização de equipamentos multimídia e aulas práticas que permitam a demonstração dos conhecimentos teóricos adquiridos. Sempre se buscará a comunicação entre aluno e professor, e a relação contínua entre teoria-prática, colocando em evidência as experiências práticas dos alunos. As aulas também poderão ser complementadas com exercícios e atividades em grupo para a fixação das competências.

Felipe Schneider Costa - felipe.costa@ifsc.edu.br

De acordo com a Organização Didática, a avaliação prima pelo caráter diagnóstico e formativo, consistindo em um conjunto de ações que permitam recolher informações, visando à análise da constituição das competências por parte do aluno, previstas no plano de curso. Sendo assim, para fins de avaliação, além da análise criteriosa do desenvolvimento satisfatório da competência e das habilidades
MINISTÉRIO DA EDUCAÇÃO SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PROFISSIONAL E TECNOLÓGICA INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DE SANTA CATARINA CAMPUS LAGES
trabalhadas ao longo do curso por meio de atividades avaliativas, os alunos serão igualmente avaliados na apresentação das atitudes descritas anteriormente. Os alunos serão avaliados ao longo do processo educativo, com foco no alcance das competências pré-estabelecidas e por meio de diferentes instrumentos avaliativos.
Para garantir a diversidade à avaliação, ao aluno será assegurado o direito de ser avaliado pelo menos 02 (duas) vezes ao longo do curso através de instrumentos de avaliação variados. Ao concluir o curso, cada aluno receberá um conceito final o qual será obtido a partir dos conceitos obtidos ao longo do curso.
A atribuição dos conceitos avaliativos se dará da seguinte maneira: Conceito E- Excelente – Quando se destacar em termos de conhecimentos, habilidades e atitudes.
Conceito P- Proficiente – Quando responder satisfatoriamente em termos de conhecimentos, habilidades e atitudes.
Conceito S- Suficiente – Quando atender o mínimo em termos de conhecimentos, habilidades e atitudes, o que garante a progressão.
Conceito I- Insuficiente – Quando não atender o mínimo em termos de conhecimentos, habilidades e atitudes, o que significa a impossibilidade de progressão.
O conceito final será atribuído e o aluno só será aprovado se atingir o conceito mínimo S – Suficiente – para o curso.
Ressalta-se que somente haverá atribuição de conceito avaliativo e, consequentemente, possibilidade de certificação, se o aluno apresentar, ao término do curso, frequência presencial igual ou superior a 75% (setenta e cinco por cento).
Para fins de reavaliação, no caso de ser atribuído ao aluno o conceito I – Insuficiente, será lhe assegurado, ao longo do curso, pelo menos 1 (um) instrumento reavaliativo relacionado ao tema no qual o mesmo ficou pendente.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker3-srv1.appdocker3-inst106/07/2022 10:41