Projeto Político Pedagógico

O curso de Confecção de Bolsas em Tecido busca a formação de profissionais na área de
confecção a fim de atender às necessidades da região e também possibilitar amplitude
profissional do aluno egresso. Além da perspectiva de trabalho junto à indústria, o egresso pode
resgatar objetivos de vida profissional e pessoal ou até mesmo abrir seu próprio negócio.

O egresso poderá atuar tanto como empreendedor individual, quanto em empresas ou
cooperativas da área. O curso torna-se interessante no sentido de possibilitar que o estudante
desenvolva produtos exclusivos, de fácil elaboração e com extremo valor agregado por utilizar
técnicas parcialmente artesanais. Busca formar o aluno integralmente, possibilitando que o
mesmo tenha capacidade de realizar todas as etapas do processo pertinente à confecção de
bolsas e acessórios em tecido.
Desta forma acredita-se que o egresso não só terá o conhecimento pertinente à confecção
dos artigos, mais sim o domínio da criatividade que pode ser aplicada no processo, a partir da
escolha dos materiais até o acabamento. Estes conhecimentos podem tornar o egresso um
profissional interessante para as empresas que buscam um diferencial em seus produtos.

1. Desenvolver diferentes modelos de bolsas e acessórios em tecido;
2. Desenvolver ideias criativas para agregar valor aos produtos confeccionados;
3. Realizar a construção da modelagem de bolsas e acessórios em tecido;
4. Preparar e organizar os materiais para a confecção de bolsas e acessórios em tecido;
5. Aplicar a ética no trabalho a partir da compreensão de sua importância.
6. Aplicar as normas básicas de saúde e higiene do trabalho.
7. Reconhecer os tipos de tecidos mais adequados à confecção de bolsas e acessórios.
8. Dominar as técnicas de corte/ confecção de bolsas e acessórios em tecido.
9. Diferenciar os tipos de máquinas, características da costura e controle das máquinas para
costurar adequadamente;

As aulas serão ministradas de maneira dialogada, contemplando conteúdos teórico-práticos, com
foco direcionado à realização de exercícios práticos. Para facilitar o entendimento do conteúdo, os
exercícios serão realizados em conjunto com o professor, atendendo às necessidades e demandas de cada
aula em particular e de cada turma em sua especificidade. O conteúdo será abordado levando em conta a
participação e as necessidades dos alunos, o que implica flexibilidade, uso de estratégias diversas e
atenção individual.

Daiane de Lourdes Toledo
(49) 9906-5430,
(49) 8426-2291
daiane.toledo@ifsc.edu.br

A avaliação prima pelo caráter diagnóstico e formativo, consistindo em um conjunto de ações que
permitam recolher dados, visando à análise da constituição das competências por parte do aluno, previstas
no plano de curso. Suas funções principais são:
• Obter evidências sobre o desenvolvimento do conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes
necessárias à constituição de competências, visando à tomada de decisões sobre o encaminhamento dos
processos de ensino e aprendizagem e/ou a progressão do aluno.
• Analisar a consonância do trabalho pedagógico com as finalidades educativas propostas no Projeto
de ensino do Curso.
• Estabelecer previamente, por unidade curricular, critérios que permitam visualizar os avanços e as
dificuldades dos alunos na constituição das competências. Os critérios servirão de referência para o aluno
avaliar sua trajetória e para que o professor tenha indicativos que sustentem tomadas de decisões sobre o
encaminhamento dos processos de ensino e aprendizagem e a progressão dos alunos.
• O registro de avaliação será realizado no diário de Classe. Sendo os conceitos a serem utilizados:
E: Excelente; P: Proficiente; S: Suficiente e; I: Insuficiente. Para os educandos que apresentarem conceito I,
serão desenvolvidas atividades de recuperação paralela. A frequência mínima é de 75%.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker1-srv1.appdocker1-inst121/05/2022 16:25