Projeto Político Pedagógico

Ao final do curso o aluno deverá estar apto a: - Identificar e reconhecer os recursos que a calculadora pode nos oferecer; - Reconhecer a sua utilização como ferramenta para desenvolver o raciocínio lógico, agilizar o cálculo mental, aumentar a concentração no processo de resolução de problemas, operações e conceitos de estimativas; - Aprender matemática de modo significativo; - Aliar as Tecnologias à Educação, em favor e não no detrimento desta. - Compreender os procedimentos e equipamentos técnicos e tecnológicos que fazem parte do cotidiano doméstico, social e profissional, a partir dos conceitos advindos dos estudos das áreas envolvidas no curso.

Atuar no mundo do trabalho, principalmente na indústria e comércio onde exija possibilidades do uso, além das aulas de graduação e ensino médio.

Ao final do curso o aluno deverá estar apto a: - Identificar e reconhecer os recursos que a calculadora pode nos oferecer; - Reconhecer a sua utilização como ferramenta para desenvolver o raciocínio lógico, agilizar o cálculo mental, aumentar a concentração no processo de resolução de problemas, operações e conceitos de estimativas; - Aprender matemática de modo significativo; - Aliar as Tecnologias à Educação, em favor e não no detrimento desta. - Compreender os procedimentos e equipamentos técnicos e tecnológicos que fazem parte do cotidiano doméstico, social e profissional, a partir dos conceitos advindos dos estudos das áreas envolvidas no curso.

As aulas serão dialogadas e reflexivas mediadas pelas práticas e vivências cotidianas por meio de resolução de problemas. Durante as aulas o professor auxiliará no uso da calculadora problematizando e esclarecendo dúvidas, explicando as funções do equipamento e o correto manejo/funcionamento das teclas, visto que estas podem variar entre os equipamentos (marcas ou versões diferentes).

Marlon Mülhbauer (marlon.mulhbauer@ifsc.edu.br)

Antonio Carlos Patrocinio Junior (antonio.patrocinio@ifsc.edu.br)

A avaliação se dará de maneira processual, no decorrer de todo o curso. Dentre os instrumentos utilizados, destacam-se:  Observação diária dos alunos pelos professores, em suas diversas atividades;  Trabalhos de pesquisa individual ou coletiva;  Testes e provas escritos, com ou sem consulta;  Resoluções de exercícios;  Atividades práticas referentes àquela formação;  Autoavaliação descritiva e avaliação pelos colegas da classe;  Demais instrumentos que a prática pedagógica indicar;  Assiduidade e participação nas aulas. A recuperação de estudos compreenderá a realização de novas atividades pedagógicas no decorrer do período do curso, que possam promover a aprendizagem. O resultado da avaliação final será registrado por valores inteiros de 0 (zero) a 10 (dez). O resultado mínimo para aprovação no curso é 6 (seis) com frequência igual ou superior a 75%. O registro de cada componente curricular será realizado pelo professor no diário de classe e a decisão do resultado final, pelo professor, dependerá da análise do conjunto de avaliações e suas ponderações.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker3-srv2.appdocker3-inst205/12/2020 22:34