Projeto Político Pedagógico

-

O curso contribuirá para a atuação do egresso na assistência materno-infantil em centros de saúde, centros obstétricos e unidades de alojamento conjunto. Além disso, a certificação como “doula” (acompanhante de parto) permitirá a atuação independente desses(as) profissionais no apoio contínuo à parturiente, seja na escala de doulas voluntárias a ser implementada nas maternidades públicas da Grande Florianópolis, seja na atuação autônoma a partir da demanda de gestantes em maternidades públicas e privadas, oferecendo conforto físico, emocional, afetivo e psicológico em qualquer estágio do trabalho de parto.

• Capacitação e atualização em boas práticas na atenção ao parto e nascimento: orientações às gestantes e casais grávidos sobre a fisiologia do parto/ nascimento e a prevenção da violência obstétrica; uso de métodos não farmacológicos para alívio da dor (massagem, banho, escalda-pés, música); estratégias para contribuir com a equipe nos cuidados imediatos ao recém-nascido e no estabelecimento da amamentação.

• Consciência crítica frente ao papel da enfermagem na assistência obstétrica atual.

• Cuidado de enfermagem baseado em evidência e postura humanizada do(a) técnico(a) em enfermagem para, sob a supervisão do enfermeiro, contribuir nas principais emergências obstétricas: hemorragia pós-parto, reanimação neonatal e algumas distócias.

• Autonomia para atuação como doula.

As aulas serão presenciais, utilizando-se abordagem dialogada, através da explanação teórica e vivências, tendo por base os principais protocolos de assistência ao parto e nascimento e as recomendações do Ministério da Saúde. Serão utilizados recursos audiovisuais, imagens e vídeos educativos, bem como manequins. Além disso, poderão ser realizados seminários com profissionais convidados, experts no tema proposto. A fim de resgatar o cuidado como essência da enfermagem e contribuir para a interdisciplinaridade e humanização do parto e nascimento na região da Grande Florianópolis, os(as) alunos(as) do curso irão compor uma escala de doulas voluntárias(os) nas maternidades parceiras, o que contribuirá para o aprendizado prático. Para viabilizar esta vivência, as maternidades que já demonstraram interesse em receber os(as) alunos(as) do curso como doulas voluntárias foram a maternidade do Hospital Regional de São José e a maternidade do Hospital Universitário.

4. Nome do responsável pelo projeto: Juliana Jacques da Costa Monguilhott 5. Contatos: juliana.monguilhott@ifsc.edu.br (48) 3211-6173 (48) 98407-0746 Enfermagem_fpolis@ifsc.edu.br (48) 3211-7079

Se dará através da participação individual, assiduidade e avaliação prática. A avaliação prática se dará por meio de atividades envolvendo simulado, vivências e teatralização, bem como a participação do(a) aluno(a) na escala de doulas voluntárias

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker1-srv1.appdocker1-inst124/09/2022 16:49