Projeto Político Pedagógico

Para além dos conhecimentos técnicos, pretende-se que o concluinte torne-se um profissional-cidadão com autonomia intelectual, consciência ambiental, crítico, com atitude investigativa, sensibilidade social, habilidade de renovação do conhecimento, de expressão escrita e oral, de interação e relacionamento interpessoal, capacidade para trabalhar com os novos recursos de comunicação e uso das novas tecnologias, para o trabalho coletivo e interdisciplinar e comprometimento ético-político na defesa de direitos. O aluno egresso do Curso Técnico Integrado em Alimentos é o profissional com competências e habilidades para atuar no processamento e análise de alimentos nas áreas de laticínios, carnes, grãos, cereais, bebidas, frutas e hortaliças, podendo auxiliar e atuar na
elaboração, aplicação e avaliação de programas preventivos de higienização e sanitização da produção alimentícia, atuando na diminuição do impacto ambiental resultante do processamento de alimentos. Esse profissional estará apto a acompanhar programas de manutenção de equipamentos, implementar e gerenciar sistemas de controle de qualidade e aplicar técnicas empreendedoras para desenvolvimento e comercialização de produtos e processos.

Áreas de Atuação do Egresso

O egresso do Curso Técnico em Alimentos é um profissional com sólido embasamento teórico-prático com qualificação e competência para atuar em:

• Indústria de alimentos e bebidas,

• Indústria de insumos para processos e produtos,

• Laboratórios de análises laboratoriais e controle de qualidade,

• Instituições e órgãos de pesquisa e ensino,

• Órgãos de fiscalização higiênico-sanitárias,

• Consultorias,

• Serviços de proteção ao consumidor,

• Entrepostos de armazenamento e beneficiamento,

• Serviços de alimentação,

• Profissional autônomo,

• Agricultura familiar,

• Empreendimento próprio.

Competências gerais do Ensino Médio (conforme PCNEM e ENEM)

• Comunicar e representar; investigar e compreender; contextualizar social ou historicamente os conhecimentos; • Dominar diferentes linguagens, desde idiomas até representações matemáticas e artísticas; • Compreender processos, sejam eles sociais, naturais, culturais ou tecnológicos; • Diagnosticar e enfrentar problemas reais; • Construir argumentações; • Elaborar proposições solidárias.


Competências gerais do Núcleo Técnico • Dominar o processamento de alimentos de origem animal, vegetal e mineral; • Assegurar a qualidade dos alimentos; • Realizar análises físico-químicas, microbiológicas e sensoriais em alimentos; • Desenvolver novas técnicas e produtos alimentícios; • Gerenciar, tratar e valorizar resíduos da área de alimentos; • Desenvolver a comunicação específica para a área de alimentos; • Atuar na gestão da área de alimentos; • Acompanhar a instalação e manutenção de equipamentos.

Ver PPC

Eliane Maria Zandonai Michielin,

Email: eliane.michielin@ifsc.edu.br

Tel. (49) 3441-7939

Ver PPC

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker5-srv1.appdocker5-inst130/11/2020 08:30