Projeto Político Pedagógico

O curso visa desenvolver a competência comunicativa do aluno em língua portuguesa para comunicar-se com falantes, nativos ou não, em nível básico e intermediário, em práticas sociais diversas. Entende-se por competência comunicativa o conjunto de conhecimentos gramatical, sociocultural, discursivo e estratégico (CANALE; SWAIN, 1980) em uma determinada língua. O curso também visa ao desenvolvimento de uma aprendizagem autônoma ou, em outras palavras, que os discentes assumam maior responsabilidade sobre o seu processo de aprendizagem (OXFORD,1990: DICKINSON, 1994: VILAÇA, 2003), instrumentalizando-os com diferentes meios e estratégias que os incentivem e preparem para aprender além do curso.

O egresso do curso poderá atuar em práticas sociais de âmbito pessoal ou profissional, com nativos ou não, da língua portuguesa.

1. Iniciar, manter e concluir interações discursivas diversificadas, que permitam ao aluno se comunicar com eficácia e eficiência em português, nas diferentes interações sociais que constituem seu campo de atuação pessoal e/ou profissional; 2. Ser capaz de compreender, interpretar e discutir textos em língua portuguesa; 3. Ter domínio das estruturas gramaticais da língua alvo em diferentes níveis de proficiência; 4. Compreender e produzir textos escritos e orais na língua portuguesa.

As aulas serão ministradas de maneira dialogada, contemplando conteúdos teórico-práticos, com foco direcionado à realização de exercícios práticos e incentivo a interação oral e escrita. Para facilitar o entendimento do conteúdo, os exercícios serão realizados em conjunto com o professor, atendendo às necessidades e demandas de cada aula em particular e de cada turma em sua especificidade. O conteúdo será abordado levando em conta a participação e as necessidades dos alunos, o que implica flexibilidade, uso de estratégias diversas e atenção individual. 

nome do responsável pelo projeto: Ana Paula Kuczmynda da Silveira
contatos: ana.paula@ifsc.edu.br, (47) 3318-3705 depe.gas@ifsc.edu.br, (47) 3318-3721

A prática pedagógica do Curso de Formação Inicial e Continuada em Português para estrangeiros orienta-se pelo Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), pelo Projeto Pedagógico Institucional (PPI) do IFSC e pelo Regimento DidáticoPedagógico (RDP). O estudante que obtiver domínio das competências e habilidades das bases tecnológicas e das atitudes que constituem os requisitos deste curso será considerado APTO, sendo o resultado da avaliação final registrado por valores inteiros de 0 (zero) a 10 (dez). O estudante que não obtiver domínio das competências e habilidades, das bases tecnológicas e das atitudes que constituem os requisitos deste curso será considerado NÃO APTO. Será obrigatória a frequência às atividades correspondentes a cada componente curricular, ficando nela reprovado o aluno que não comparecer, no mínimo, a 75% (setenta e cinco por cento) dessas atividades. A avaliação da aprendizagem terá caráter formativo e contínuo, privilegiando a análise do processo de construção de conhecimentos. Ao longo do curso, haverá diferentes formas de avaliação, dentre as quais provas orais e escritas, atividades em grupo orais e escritas, atividades individuais de leitura e produção textual e participação em grupos de discussão. Além disso, serão avaliadas frequência e o nível de participação e comprometimento do aluno na realização das diferentes propostas de trabalho.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker5-srv2.appdocker5-inst208/08/2020 11:24