Projeto Político Pedagógico

O egresso do Curso FIC em Gestão: trabalho em equipe é um profissional capaz de atuar no
gerenciamento de equipes em diversos setores e níveis em uma organização.

O egresso do Curso FIC em Gestão: trabalho em equipe é um profissional capaz de atuar no
gerenciamento de equipes em diversos setores e níveis em uma organização.

Gerenciar a equipe com liderança de forma a motivar as pessoas;
• Estabelecer relações de comunicação cooperativas e harmônicas no ambiente de trabalho;

• Administrar conflitos para o bom desempenho da equipe;
• Estabelecer práticas de feedback com a equipe para o aperfeiçoamento de resultados individuais e
coletivos.

A elaboração do currículo por competências implica em ações pedagógicas que possibilitem ao
aluno a construção de seu conhecimento. Nessa construção de novos saberes, a escola constitui-se em um
espaço onde professores e alunos são sujeitos de uma relação crítica e criadora. Assim, a intervenção
pedagógica favorece a aprendizagem a partir da diversidade.
Na modalidade presencial, as estratégias de ensino adotadas incluem aulas expositivo dialogadas,
estudos dirigidos, trabalhos em grupo, seminários, levantamento de problemas e busca de soluções a partir
da vivência prática.
Na modalidade a distância, o fazer pedagógico se dará por meio da plataforma Moodle, com o uso
de objetos de aprendizagem como vídeos e estudos dirigidos. Serão desenvolvidas atividades assíncronas
(fóruns) a fim de dinamizar o processo de aprendizagem.
A metodologia do trabalho deverá dar conta, principalmente, da permanência e êxito do estudante e
do perfil do egresso em ambas modalidades de ensino.
A modalidade do curso, assim como a metodologia aplicada, dependerá da necessidade dos
demandantes/ parceiros.

ver ppc

A avaliação é caracterizada como diagnóstica, processual, formativa, continuada e diversificada.
Dessa forma são considerados critérios como: assiduidade, realização das tarefas propostas, participação
nos fóruns e videoconferências, avaliação individual, colaboração e cooperação com colegas e professores.
Por ser considerado sistemática a avaliação ocorre durante todos os momentos do processo ensino e
aprendizagem, valorizando o crescimento do aluno qualitativa e quantitativamente, com atividades de
recuperação paralela de conteúdos e avaliações. A recuperação de estudos deve compreender a realização
de novas atividades pedagógicas no decorrer do período do curso, que possam promover a aprendizagem,
tendo em vista o desenvolvimento das competências.
A avaliação consiste em um conjunto de ações que permitam recolher dados, visando à análise da
constituição das competências por parte do aluno, previstas no plano de curso. Suas funções primordiais
são: obter evidências sobre o desenvolvimento do conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes
necessárias à constituição de competências, visando a tomada de decisões sobre o encaminhamento dos
processos de ensino e aprendizagem; analisar a consonância do trabalho pedagógico com as finalidades
educativas previstas no Projeto Pedagógico do Curso; estabelecer previamente, por unidade curricular,
critérios que permitam visualizar os avanços e as dificuldades dos alunos na constituição das competências.
Os critérios servirão de referência para o aluno avaliar sua trajetória e para que o professor tenha indicativos
que sustentem tomadas de decisões.
O resultado da avaliação final será registrado por valores inteiros de 0 (zero) a 10 (dez), sendo
considerado como resultado mínimo para aprovação em um componente curricular a nota 6 (seis). Além da
nota, ao aluno que comparecer a menos de 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária estabelecida
no PPC para o componente curricular será atribuído o resultado 0 (zero), sendo considerado reprovado.
O registro de cada componente curricular será realizado pelo professor no diário de classe na forma
de valores inteiros de 1 (um) a 10 (dez). A decisão do resultado final, pelo professor, dependerá da análise
do conjunto de avaliações e suas ponderações. A avaliação será realizada, em cada componente curricular,
considerando os objetivos ou competências propostos no plano de ensino. O professor tem liberdade de
atribuir valores fracionados de 0 a 10 nas avaliações parciais.
Na modalidade a distância as avaliações deverão acontecer de maneira presencial, nos NeaD's,
respeitando a forma de registro posta pela RDP do IFSC.
De acordo com o art. 37 da Regulamento Didático Pedagógico (RDP) do IFSC: O aluno terá nova
oportunidade de prestar atividades de avaliação não realizadas por motivo de doença ou por falecimento de
familiares, convocação do judiciário e do serviço militar, desde que encaminhe em até 2 (dois) dias letivos
contados do final do afastamento, um requerimento à Coordenadoria de Curso com os documentos
comprobatórios do impedimento. O requerimento deverá indicar a data e horário das atividades de avaliação
não realizadas, o componente curricular e o nome do seu professor. Para comprovação de ausência por
motivo de saúde, somente será aceito o atestado médico ou odontológico.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker5-srv1.appdocker5-inst125/11/2020 08:15