Projeto Político Pedagógico

O Curso de Formação Inicial e Continuada de NR-10 visa desenvolver competências e habilidades na interpretação e avaliação de normas de segurança relacionadas a serviços em eletricidade, com especial foco na norma NR-10.
A partir de uma abordagem teórica e práticas vivenciais, busca-se conscientizar o aluno da importância da segurança em serviços de eletricidade.

A atual legislação obriga aos trabalhadores da área de eletrotécnica que tenham em seu currículo conhecimento de normas de segurança para atuação. A norma que regula a prática de segurança em instalações elétricas é a NR 10.
Desta forma, sendo solicitação da comunidade e competência do IF-SC a oferta de atividades de qualificação nos âmbitos de suas atribuições, o projeto de Curso Básico de NR 10 é justificado por atender os anseios da sociedade e permitir melhores condições de acesso ao trabalho, a geração de emprego e renda.

1 – Interpretar as normas de segurança envolvidas numa instalação elétrica de baixa tensão, com especial foco na NR-10;
2 - Avaliar e identificar os riscos profissionais decorrentes do trabalho com eletricidade em baixa tensão;
3 - Identificar os sintomas de acidentes por choque elétrico;
4 - Avaliar as medidas preventivas contra incêndios;
5 – Programar e implementar serviços em instalações elétricas em conformidade com procedimentos de trabalho segundo o que estabelece a NR.

Capacitar os participantes a atender os novos requisitos exigidos pela atual legislação apresentada conforme a NR 10 (portaria numero 598 de 7 de dezembro de  2004 do Ministério do Trabalho e Emprego – DOU 8/12/2004).

O Curso de NR-10 baixa tensão (básico) está pautado numa proposta curricular de 40 horas, com um encontro semanal durante 10 semanas.

Aulas expositivas, trabalhos em equipe e aulas práticas serão as metodologias a serem aplicadas.

Aldo Zanella Junior

O registro, para fins de documentação acadêmica, será efetivado ao final do curso, apontando a situação do aluno no que se refere à constituição de competências.
A recuperação de estudos deverá compreender a realização de novas atividades práticas e teóricas no período posterior ao curso, de forma a promover a aprendizagem, tendo em vista o desenvolvimento das competências. Ao final dos estudos de recuperação o aluno será submetido à avaliação, cujo resultado será registrado pelo
professor.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker3-srv1.appdocker3-inst112/07/2024 10:36