Projeto Político Pedagógico

A produção de texto é uma das maiores dificuldades dos/das alunos/as em geral, especialmente
em um contexto nacional de pouca valorização da leitura. Essa dificuldade apresenta-se deveras
mais problemática no ensino médio, período em que um grande número de alunos/as começa a
pensar mais seriamente no acesso a um curso superior, seja via vestibulares, seja via ENEM. E
uma das barreiras a serem vencidas nesses processos classificatórios rumo ao ensino superior é,
indubitavelmente, a prova de redação. O presente curso se propõe a trabalhar os aspectos
essenciais pertinentes ao texto dissertativo-argumentativo, tipologia esta exigida nos vestibulares
e, sobretudo no ENEM, bem como, de forma mais específica, a matriz de referência, esmiuçando
as competências necessárias exigidas na redação do ENEM. Dessa forma, a oferta é justificada,
já que pretende auxiliar os alunos do ensino médio e pessoas da comunidade em geral a entender
melhor os pressupostos do texto dissertativo-argumentativo, preparando-se, assim, para esses
processos seletivos, principalmente, para o ENEM.

O aluno egresso do curso estará mais preparado para redigir textos dissertativo-argumentativos
visando ao ingresso ao ensino superior via ENEM e demais processos seletivos - vestibulares.

O egresso desse curso deverá ser capaz de produzir textos dissertativo-argumentativos com
suficiência.

No que concerne às aulas, as mesmas serão expositivas e dialogadas, com diversas atividades
de produção de textos dissertativo-argumentativos.
O acompanhamento das atividades será realizado de forma constante, quer através de
observação e diálogos com os estudantes; quer pela correção dos textos feitos e pela análise do
diário de bordo. No final, será feito, ainda, um questionário para avaliar o curso e para se obter
sugestões para a próxima edição.
As atividades de ensino-aprendizagem desenvolvidas em sala de aula buscarão mobilizar
conhecimentos prévios dos alunos, considerando que muitos deles são estudantes do ensino
médio. Igualmente importante será motivá-los para aquisição de novos conhecimentos no que
tange à produção de textos em geral e particularmente, à produção do texto dissertativoargumentativo,
no afã de incentivá-los para a continuação dos estudos, para a inserção no
mercado de trabalho e ou curso técnico e para aprofundar o grau de entendimento e criticidade
sobre questões contemporâneas que perpassam a vida do/da aluno/a e do/da cidadão/ã,
percebendo-o/-a, portanto, em sua totalidade.

Eliane Juraski Camillo

(49) 8921-5656
eliane.camillo@ifsc.edu.br

Avaliação do processo de ensino e aprendizagem:
A avaliação será contínua e cumulativa, acompanhando o desenvolvimento do aluno na
constituição das competências e habilidades requeridas, numa constante prática de ação-reflexãoação
de todos os elementos envolvidos no processo ensino-aprendizagem. Tal avaliação das
competências será feita pela docente responsável pelo curso, que dar-se-á conforme explicitado
no item avaliação, acima.
No registro das avaliações, o professor atribuirá uma nota para o desempenho de cada
aluno/a, de acordo com Regulamento Didático Pedagógico.
A avaliação final será realizada pelo professor responsável pelo curso, devendo o resultado
ser expresso, individualmente, da seguinte forma:
• O aluno será aprovado no curso se:
– sua frequência for igual ou superior a 75% nas aulas;
– obtiver nota de aprovação nas atividades didáticas.
• O aluno será reprovado no curso se:
– sua frequência for inferior a 75% nas aulas;
– obtiver nota não satisfatória nas atividades didáticas, mesmo com frequência igual ou superior a
75%.
A recuperação de estudos deverá compreender a realização de novas atividades didáticas
no decorrer do curso que possam promover a aprendizagem paralela e contínua, tendo em vista o
desenvolvimento das competências, conforme Regulamento Didático Pedagógico.

Nenhum conteúdo disponível até o momento
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker3-srv1.appdocker3-inst108/08/2020 15:24