• Atenção: alunos e servidores podem avaliar as medidas tomadas pelo IFSC durante a pandemia. Acompanhe as decisões do Comitê Permanente de Gestão de Crises pelo Portal do IFSC e redes sociais. #IFSCemcasa
Projeto Político Pedagógico

Ao concluir o curso Técnico em Logística, o egresso estará apto a auxiliar nos serviços de apoio às atividades e rotinas administrativas da área de logística, das quais pode-se destacar:
- Atuar no processo de comunicação, organização e manutenção de documentos variados;
- Viabilizar processos e operações logísticas;
- Executar tarefas pertinentes à área logística, utilizando-se de equipamentos e programas de informática;
- Comunicar-se escrita e oralmente de forma adequada à área de logística;
-- Atuar no atendimento de clientes e fornecedores;
- Trabalhar de acordo com a legislação e os códigos de ética profissional nas relações pessoais e profissionais;
- Desenvolver atividades de planejamento e organização de recursos humanos;
- Auxiliar a elaboração dos custos logísticos;

O técnico em logística pode atuar em empresas da área da indústria, comércio, serviços, agronegócio, organizações sem fins lucrativos, públicas e privadas. Auxiliando no desenvolvimento de ações ligadas ao planejamento, execução, organização e controle de operações nos processos logísticos da organização, desenvolvendo competências nas mais diversas áreas, seja em suprimentos, produção, distribuição e/ou logística reversa e nas relações interpessoais dos agentes nas organizações.

O Curso Técnico em Logística foi elaborado com a perspectiva de formar profissionais que tenham uma visão sistêmica das operações logísticas e suas interfaces com as demais áreas da empresa, contextualizado a realidade, as necessidades e as particularidades regionais com práticas contemporâneas em logística.
Com o desenvolvimento de habilidades e com a utilização de ferramentas gerenciais e técnicas, o egresso poderá:
- Compreender os diversos setores de funcionamento da área de logística;
- Participar do planejamento logístico da empresa;
- Gerir recursos materiais da área;
- Controlar custos logísticos;
- Planejar atividades de movimentação, expedição e distribuição;
- Executar os processos de abastecimento;

O curso será desenvolvido a distância, com encontros presenciais semanais para estudo em grupo com tutor, avaliações presenciais, práticas em laboratório e participação em web conferências e encontros presenciais com os docentes.
As atividades presenciais se distribuirão nas seguintes categorias e seguirão o cronograma geral do curso:
• Web conferência: atividade síncrona com o docente da Unidade Curricular, com duração de cerca de 30 minutos. Objetiva motivar aos estudos da UC e propor problemas de pesquisa e intervenção da área de atuação do Técnico em Logística.
• Encontro presencial: atividade com deslocamento dos docentes, coordenador de curso, coordenadores adjuntos de polo e/ou equipe pedagógica até polo. No encontro presencial, são realizadas atividades integradoras e avaliativas de orientação e apresentação de práticas realizadas pelos estudantes.
• Atividades de Integração: atividade sistematizadora de análises realizadas em duas ou mais unidades curriculares, articulada ao Seminário de Integração ou Projetos Integradores, organizadas com a colaboração dos coordenadores de curso e de polo e pelos docentes das unidades curriculares, com apoio da equipe de tutoria.
• Estudos com tutor: encontro em que os tutores propõem estratégias de estudo em grupo e atividades de integração, articulando conteúdos apresentados nos livros didáticos com o exercício da profissão do Técnico em Logística.
• Práticas em laboratório: atividades realizadas em grupo no laboratório de informática, envolvendo pesquisa e resolução de problemas ou instrumentalização para o estudo autônomo e a prática profissional.
Os livros didáticos utilizados no curso serão apresentados em Ambientes Virtuais de Ensino-Aprendizagem no sistema Moodle administrado pelo Instituto Federal de Santa Catarina. A Coordenadoria de Materiais Didáticos do Centro de Referência em Formação e Educação a Distância é encarregada de preparar a estrutura básica dos ambientes virtuais, possibilitando a docentes e equipe de tutoria a distância o desenvolvimento de recursos e atividades, de acordo com planos de ensino e roteiros de estudo propostos pelos docentes. O conteúdo dos livros didáticos será selecionado e organizado em tópicos, de acordo com o projeto de cada componente curricular.

Jaison Schinaider

E-mail: jaison.schinaider@ifsc.edu.br
Fone: (49) 35615714

Avaliação da aprendizagem:
O resultado mínimo para a aprovação em um componente curricular é 6 (seis). A avaliação da aprendizagem segue o Regulamento Didático-Pedagógico do IFSC (Resolução Nº 41, de 20 de novembro de 2014, art. 41., parágrafo primeiro).
A avaliação da aprendizagem considerará o desenvolvimento das competências previstas para a formação do perfil do egresso, aferidas pelo desempenho do estudante em atividades dos seguintes tipos:
1 Atividades avaliativas a distância
São atividades avaliativas com a utilização de meios e tecnologias de informação e comunicação, mediadas por docentes e tutores no ambiente virtual de ensino-aprendizagem. Nas
atividades de avaliação a distância, a equipe docente e de tutores a distância priorizará a avaliação processual e diagnóstica, oportunizando revisão de conceitos, procedimentos e atitudes, com base nas orientações e retornos proporcionados em resposta às produções dos estudantes. A média das atividades avaliativas a distância tem peso 4 na média semestral.
2 Atividades avaliativas presenciais
Para a avaliação e aferição da aprendizagem, serão aplicados exames escritos e realizadas apresentações de trabalhos interdisciplinares. Ambos os instrumentos serão descritos a seguir:
2.1 Exame escrito
Exames escritos com questões objetivas e dissertativas, elaborados de acordo com a natureza dos conteúdos e habilidades a serem aferidos. Serão realizados uma vez a cada unidade curricular, exceto Seminário de Integração e Projeto Integrador I e II. Nas Unidades Curriculares citadas, a apresentação de trabalho terá peso 6. Nas demais unidades curriculares, o exame escrito tem peso 4 no desempenho semestral.
Os estudantes que, por motivos de saúde ou escolares, se ausentarem em exames presenciais na forma de exame escrito, terão oportunidade de solicitar avaliação de segunda chamada, a ser realizada em data prevista em calendário, divulgada a cada início de semestre. Os estudantes que não alcançarem a média semestral na unidade curricular terão oportunidade de realizar exame presencial de recuperação de estudos, prevalecendo a maior nota, na relação dos exames presenciais realizados em primeira ou segunda chamada e os exames finais de recuperação de estudos.
2.2 Apresentação de trabalho
Os conhecimentos construídos pelos estudantes nas práticas interdisciplinares e atividades de integração ao mundo do trabalho são orientadas nas Unidades Curriculares Seminário de Integração ao Ensino Técnico, Projeto Integrador I e Projeto Integrador II, bem como nas unidades curriculares participantes. Para as unidades curriculares que o adotarem, o desempenho neste instrumento de avaliação representa peso 2 no desempenho semestral do estudante. Para as Unidades Curriculares que não utilizam este instrumento, o exame presencial terá peso 6 no desempenho semestral.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appserver4.srv4inst1 28/03/2020 05:31