Projeto Político Pedagógico

Espera-se que ao término do curso os professores sejam capazes de: Conhecer os instrumentos básicos das geotecnologias disponíveis; Conhecer os diferentes tipos de dados para elaboração de mapas; Elaborar seus próprios mapas em diferentes escalas e temas; Refletir sobre o uso das novas tecnologias no processo de ensino-aprendizagem; Ampliar os horizontes de aplicabilidade das geotecnologias no uso escolar; Compreender que as geotecnologias são ferramentas de materialização da interdisciplinaridade.

Escolas públicas e privadas de educação básica.

Espera-se que ao término do curso os professores sejam capazes de: Conhecer os instrumentos básicos das geotecnologias disponíveis; Conhecer os diferentes tipos de dados para elaboração de mapas; Elaborar seus próprios mapas em diferentes escalas e temas; Refletir sobre o uso das novas tecnologias no processo de ensino-aprendizagem; Ampliar os horizontes de aplicabilidade das geotecnologias no uso escolar; Compreender que as geotecnologias são ferramentas de materialização da interdisciplinaridade.

O curso será ministrado com base na articulação dos saberes práticos e acadêmicos, permitindo o aprimoramento teórico e prático. Deste modo, as aulas contarão com uso de tecnologias audiovisuais e materiais de apoio, sempre na perspectiva da construção do conhecimento e valorização dos saberes dos professores do ensino básico.

Rafael Carlos Bispo

Contatos: (19) 996001948

E-mail: rafael.bispo@ifsc.edu.br

São princípios considerados pela instituição e que devem ser adotados para a organização das avaliações: A avaliação será diagnóstica, processual, formativa, somativa, continuada e diversificada. Serão considerados critérios como: assiduidade, realização das tarefas, participação nas aulas, avaliação escrita individual, trabalhos em duplas, colaboração e cooperação com colegas e professor. Dessa forma, a avaliação ocorrerá durante todos os momentos do processo ensino e aprendizagem, valorizando o crescimento do aluno qualitativa e quantitativamente. Como registro, conforme Regulamento Didático Pedagógico do IFSC, os resultados das avaliações serão valores numéricos inteiros de 0 (zero) a 10 (dez). O registro, para fins de documentos acadêmicos, será efetivado ao final da unidade curricular, apontando a situação do aluno no que se refere à constituição de competências e utilizando-se a seguinte nomenclatura: (Apto): quando o aluno tiver obtido as competências; NA- (Não Apto): quando o aluno não tiver obtido as competências. A certificação se dará após a conclusão do curso, com frequência mínima de 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária do componente curricular.

 

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker3-srv1.appdocker3-inst105/08/2020 19:32