Projeto Político Pedagógico

Ver Projeto Pedagógico do Curso.

O egresso do curso de Formação Inicial em Assistente de Recursos Humanos pode atuar em quaisquer cargos ou funções de suporte à gestão de recursos humanos, especialmente na execução processos/rotinas administrativas típicas dessa área, tais como recrutamento, seleção, admissão, avaliação de desempenho, desenvolvimento de competências, controle de frequência, folha de pagamento etc.

Executa rotinas de processos administrativos do setor de Recursos Humanos de uma empresa. Realiza atividades de apoio ao planejamento, execução, avaliação e controle dos processos de recrutamento e seleção, treinamento e desenvolvimento, avaliação de desenvolvimento, avaliação de desempenho, progressão funcional, cargos, salários e benefícios, jornada de trabalho, férias e rescisão de contrato. Prepara, organiza, solicita e emite documentos e processos de acordo com a legislação trabalhista. Organiza informações cadastrais dos funcionários.

A metodologia implementada será baseada em situações vivenciadas no mundo do trabalho, que serão inseridas por meio de conteúdos teóricos e práticos. Sendo estes disponibilizados no ambiente virtual de aprendizagem Moodle, tais como: videoaulas, textos explicativos, livros e dentre outros formatos visando facilitar a compreensão dos alunos.
Cada unidade curricular terá um professor responsável pela organização do ambiente virtual de aprendizagem, conteúdos e cronograma de atividades, denominado como professor formador. Para o atendimento aos discentes, cada turma de até 40 estudantes terá um professor mediador, responsável por articular a participação da turma, interagir com os estudantes online, comentar e corrigir as atividades propostas e organizar momentos síncronos de interação, a partir dos conteúdos propostos pelo professor formador.
Propõe-se que os docentes formadores planejem a abordagem dos conteúdos a partir do desenvolvimento de trilhas de aprendizagem, com algum tipo de entrega como etapa de avaliação, podendo ser, por exemplo, questionários com correção automatizada (questões fechadas), questionários com correção mediada (questões abertas e/ou abertas e fechadas), fóruns de discussão, elaboração de materiais práticos, relatórios de pesquisa, vídeos, áudios etc.

Chefe DEPE:
Diego Nones Bissigo | ensino.smo@ifsc.edu.br
Nome do(s) responsável(is) pelo PPC e contatos:
Felipe Cintra Nunes Braga | felipecintra@ifsc.edu.br
Roberta Ribeiro Garcia | roberta.garcia@ifsc.edu.br
Luciana Senter I luciana.senter@ifsc.edu.br

As atividades avaliativas serão realizadas também a distância, pelo menos a cada 20 horas de conteúdo ofertado. Conforme já citado no item de metodologia, as avaliações de aprendizagem serão baseadas nas atividades previstas no Plano de Ensino de cada unidade curricular, bem como no cronograma estipulado. As atividades avaliativas devem ser orientadas e obrigatoriamente registradas no ambiente virtual de aprendizagem (AVEA/Moodle), podendo ser desenvolvidas tanto neste ambiente como em outras ferramentas de suporte.
Para a realização das avaliações deve-se levar em consideração que os discentes sejam autores das suas próprias atividades desenvolvidas, permitindo autonomia contínua e efetiva, sejam estas atividades avaliativas individuais ou em grupos colaborativos. Dessa forma, torna-se relevante que sejam disponibilizados pelos docentes os resultados das avaliações de forma sistematizada, com mecanismos como o registro de desempenho na forma de comentários e/ou avaliações numéricas (de 0 a 10). Os docentes devem assegurar a possibilidade de repercurso (ou seja, que o aluno realize novamente a trilha de aprendizagem proposta) ou recuperação dos estudos aos estudantes que não alcançarem o desempenho necessário para integralização do componente curricular. Para tanto, o professor formador deve considerar como parte integrante de suas atividades interagir com os professores mediadores durante o andamento da unidade curricular. O objetivo é que se tenha um espaço para reflexão, revisão e tomadas de decisões referentes às práticas educativas e a avaliação do aproveitamento dos discentes.
Tal qual citado no item de metodologia, todas as avaliações que serão realizadas devem ser concebidas no enquadramento de cada unidade curricular, podendo perpassar por questionários, projetos, registros em vídeos de atividades práticas, questões dissertativas e outras formas a serem consideradas pelo professor formador, conforme as especificidades dos conteúdos desenvolvidos. Com relação às datas e prazos das avaliações, estas devem seguir conforme constar no cronograma da unidade curricular. Os critérios avaliativos devem ser expostos aos discentes nas atividades avaliativas, visando o conhecimento do discente. O professor formador deve orientar os professores mediadores sobre os caminhos e respostas esperadas para cada atividade.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker1-srv1.appdocker1-inst104/03/2024 22:39