Projeto Político Pedagógico

- Trabalhadores, Estudantes e demais pessoas com interesses em aprofundar o conhecimento
sobre a cidadania e o ordenamento constitucional brasileiro.

O egresso poderá atuar em todas as esferas da sociedade civil pois o curso visa o aprimoramento
pessoal para compreensão histórica e política. Tanto no trabalho como no convívio social poderá atuar
dentro da percepção de que o estudante egresso é capaz de ser um agente social participativo. Os
conhecimentos do curso poderão se aproveitados em processos seletivos, bem como auxiliarão o
prosseguimento dos estudos em variadas áreas.

1- Realizar uma leitura crítica a partir da relação entre o idealizado pela proposta de cidadania na
Constituição de 1988 com a realidade social que o cerca.
2- Identificar e analisar a proximidade ou o distanciamento da noção de cidadania que as propostas de
modificação política, econômica e social podem ter.
3-Construir possibilidades de reflexão sobre a realidade social a partir dos conhecimentos acerca dos
fundamentos da República Brasileira.
4- Identificar e analisar os direitos fundamentais dispostos na Constituição de 1988.

– Discussões a partir de textos previamente recomendados;
- Aulas expositivas e dialogadas;
– Discussões a partir de material audiovisual passado por data show;
– Discussões a partir de outros recursos pedagógicos (filmes e músicas).
– Debates sobre os preceitos legais e a realidade social que cerca os alunos e a comunidade.
– Realização de entrevistas com membros da comunidade com o intuito de abordar o
desenvolvimento da pesquisa como princípio educativo
– Visitação a locais de tomada de decisão quanto as políticas estatais como Prefeitura ou
Câmara de Vereadores com o intuito de explorar a integração entre teoria e prática.

4. Nome do responsável pelo projeto:
Jean Raphael Zimmermann Houllou
5. Contatos:
E-mail: jean.raphael@ifsc.edu.br
Telefone: (47) 996535612

de ações que permitam recolher dados, visando à análise da constituição das competências por
parte do aluno, portanto, buscamos:
• Obter evidências sobre o desenvolvimento do conjunto de conhecimentos, habilidades e atitudes
necessárias à constituição de competências, visando à tomada de decisões sobre o
encaminhamento
dos processos de ensino e aprendizagem e/ou a progressão do aluno.
• Estabelecer previamente, por unidade curricular, critérios que permitam visualizar os avanços e
as dificuldades dos alunos na constituição das competências. Os critérios servirão de referência
para o aluno avaliar sua trajetória e para que o professor tenha indicativos que sustentem
tomadas de decisões sobre o encaminhamento dos processos de ensino e aprendizagem e a
progressão dos alunos.

Conforme Resolução nº 41, de 20 de novembro de 2014, que aprova o Regulamento Didático
Pedagógico do IFSC, segue o disposto abaixo:
Art. 41. O resultado da avaliação final será registrado por valores inteiros de 0 (zero) a 10 (dez).
§ 1º O resultado mínimo para aprovação em um componente curricular é 6 (seis).
§ 2º Ao aluno que comparecer a menos de 75% (setenta e cinco por cento) da carga horária
estabelecida no PPC para o componente curricular será atribuído o resultado 0 (zero).
§ 3º O registro de cada componente curricular será realizado pelo professor no diário de classe na
forma de valores inteiros de 1 (um) a 10 (dez).
§ 4º A decisão do resultado final, pelo professor, dependerá da análise do conjunto de avaliações,
suas ponderações e as discussões do conselho de classe final.
§ 5º A avaliação será realizada, em cada componente curricular, considerando os objetivos ou
competências.

Baixar Arquivo
SIGAA | DTIC - Diretoria de Tecnologia da Informação e Comunicação - (48) 3877-9000 | © IFSC | appdocker4-srv2.appdocker4-inst221/10/2021 09:20